Com o apoio da empresa brasileira de consultoria e outsourcing de tecnologia, a Lola Cosmetics superou as expectativas de janeiro de 2023; implementação de sistema de BI também contribuiu para que times internos melhorassem o fluxo de trabalho e obtivessem mais êxito em negociações com clientes

A indústria de cosméticos é extremamente competitiva e, para se destacar nesse mercado, as empresas precisam investir em tecnologias que possibilitem uma melhor gestão de seus processos e de suas informações. Foi isso o que a Lola Cosmetics, fez ao implementar em sua operação um sistema de Business Intelligence (BI) desenvolvido pela Leega, empresa brasileira de consultoria e outsourcing de tecnologia com mais de 20 anos de experiência. A partir da adoção dessa tecnologia, os profissionais da Lola puderam aumentar sua eficiência operacional e otimizar processos, ajudando a empresa a superar em 34% sua meta de crescimento prevista para o mês de janeiro deste ano.

Com a implementação das soluções de BI da Leega, a Lola Cosmetics passou a ter acesso a dados mais precisos e em tempo real sobre suas vendas, estoque, produção e demais áreas e processos da empresa, possibilitando uma melhor análise de resultados e a identificação de oportunidades de otimização de processos.

“Antes, os dados da Lola estavam espalhados em diferentes planilhas, que eram preenchidas manualmente, gerando uma grande demora na coleta de dados, além de possíveis erros de preenchimento das informações. Então, desenvolvemos do zero uma solução customizada que centraliza todas as informações e dados em um único dashboard, que tem atualização automática e layout mais acessível e de fácil visualização”, explica Renata Clarassot gerente de operações da Leega.

Pedro Taguchi, diretor de Operações da Lola Cosmetics, conta que os dashboards personalizados e automatizados desenvolvidos pela Leega trouxeram uma melhora significativa no fluxo de trabalho da empresa e agilizam os processos internos. “Os times passaram a acessar de forma mais rápida e segura as informações relevantes para suas respectivas áreas de atuação, podendo assim investir mais tempo em outros assuntos estratégicos”, completa o executivo.

Com a facilidade de acesso a informações mais detalhadas sobre as preferências e necessidades dos clientes, bem como histórico e capacidade de compra, a Lola pôde oferecer produtos e serviços mais personalizados, aumentando assim suas vendas. “Nosso time comercial, por exemplo, conseguiu realizar negociações mais agressivas e com maior êxito de acordo com as informações de cada cliente”, conta Taguchi.

Além das mudanças de rotina e fluxo de trabalho, com a evolução nos processos de adição, consulta, e armazenamento de dados, a Lola Cosmetics passou a ter uma nova cultura de governança e zeladoria, aumentando a eficiência dos funcionários e tornando a empresa mais competitiva e preparada para enfrentar os desafios do mercado.

Para mais informações sobre a Leega, visite o site oficial.

By Tayliny Silva

Historiadora e publicitária que esta se descobrindo nerd e gamer. Socio fundadora do Negócios Tech.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *